Tag: comédia

Resenha – Nailed It!

Por Santoni
|
13 de Março

Acho que todo mundo já se deparou com algum viral culinário em alguma linha do tempo de uma rede social qualquer. Aqueles bolos que parecem esculturas, aqueles doces super apetitosos, ou até mesmo aquela receitinha de 1 minuto que parece ser tão inofensiva e tão fácil.. Mas que na verdade está super fora das suas habilidades. Os corajosos aceitam o desafio e nem sempre acabam com o resultado esperado.. outros só apertam salvar link e prometem a si mesmos que UM DIA tentarão. Eu sou da turma que salva o link, COM CERTEZA. Porém estamos aqui para falarmos dos corajosos, daqueles que colocam a cara a tapa, separam seus ingredientes, suas receitas e seus tutoriais e acabam chegando em um resultado remotamente próximo ao desejado… bem remotamente.

Nailed It! é uma série/reality original Netflix que entrou no catálogo dia 9 de março de 2018 e mostra pessoas normais, com dotes culinários limitados, que tentam se aventurar na cozinha. O participante que mais se aproximar do modelo, em gosto e visual, leva US$10.000 para casa!

Eu realmente não sou uma pessoa que assiste Master Chef ou Cake Boss, me desculpem. Sempre fui mais a linha Ace of Cakes e derivados. Então uma série unir confeitaria e competição de pessoas sem a menor noção de confeitaria encheu o meu coração, de verdade. Quem não gosta de rir de uns fails, né?

O formato do programa segue a linha de competição de culinária, com um jurado fixo, o chocolatier Jacques Torres, a apresentadora Nicole Byer e jurados convidados em cada episódio. O programa tem algumas falhas, algumas coisas que incomodam e acabam causando uma espécie de “vergonha alheia”, porém os participantes do programa são a cereja e o bolo todo dessa história.

Eu dei muita risada assistindo essas pessoas tentando fazer coisas super complicadas na cozinha. Poderia muito bem ser eu ali falhando miseravelmente tentando fazer um bolo de princesa, mas rir de quem tenta é tão satisfatório quanto!

A série é composta de 6 episódios de 30 minutos cada. Se trata de algo rápido e SUPER divertido de fazer aquela maratona básica. Então fica ai essa super recomendação do universo Netflix pra ti! Aproveite e se você ficar com vontade de falhar miseravelmente na cozinha depois não me culpe <3 

Trailer: 

assista clicando aqui 🙂 

Resenha – Simplesmente Acontece

Por Santoni
|
4 de Março

Título: Simplesmente Acontece
Título Original: Love, Rosie
Duração: 102 minutos
Diretor(a): Christian Ditter
Ano: 2014 (2015 no Brasil)
Nota no Filmow: 3,8/5
Nota no IMDB: 7,4/10
Gênero: Comédia Romântica

“As vezes amizade entre garotos e garotas pode ser complicado..”

Rosie Dunne e Alex Stewart são amigos desde sempre, a típica amizade garoto-garota que ninguém acredita que é só ‘amizade’ (nesse caso estavam certos ._.). Eles experienciam tudo o que a infância, a adolescência e a vida adulta tem a oferecer e aprendem juntos sobre amor, amizade e dificuldades. Eles compartilham momentos de alegria e de tristeza, casamentos e funerais, primeiros amores e desilusões. Rosie e Alex tem uma sintonia invejável e sentem entre si uma atração que é difícil passar despercebida. No entanto, eles vivem se desencontrando, o que torna ainda mais difícil saírem da tão temida Friendzone.
 
Lily Collinsconhecida por Ligados pelo Amor (), Cidade dos Ossos , Sem Saída e Espelho, Espelho Meu, interpreta Rosie Dunne, uma típica jovem britânica, apaixonada pela vida e cheia de sonhos. Sam Claflin, mais conhecido por interpretar o personagem Finnick Odair nos filmes da saga ‘Jogos Vorazes’, dá vida a Alex Stewart, um jovem britânico ambicioso no amor e nos estudos, mas companheiro e amigo para o que der e vier. O elenco ainda conta com Christian Cooke, da série cancelada, Witches of East End, Tamsin Egerton, Suki Waterhouse, entre outros. O destaque fica sem dúvidas para Jaime Winstone, que interpreta a divertida Ruby, que enquanto trabalhava na farmácia dos pais conhece Rosie e se tornam amigas inseparáveis desde então. O elenco, em geral, demonstrou muita química e se saem muito bem tanto nas partes dramáticas quanto nas partes de comédia. O que deve ser ressaltado é que Lily Collins é uma atriz americana interpretando uma personagem britânica,  se você não parar pra pensar nisso e tentar procurar defeito, será um fato que passará totalmente despercebido. As atuações da Lily sempre nos deixam com um pé atrás, mas parece que dessa vez, quase deu certo, ela se esforça bastante, mas na maioria das vezes em que se destaca é em decorrência de ótimos atores atuando muito bem que a suportam. Claflin e Winstone estão ótimos e quando o filme começa a dar uma desacelerada, um deles está lá pra reviver os espectadores em meio aos ‘dramas’ que vive Rosie.
 
Simplesmente Acontece é baseado no livro de 2004, “Where Rainbows End” (Onde Terminam os Arco-Íris) que foi lançado nos Estados Unidos como “Love, Rosie” ou “Rosie Dunne” da escritora de P.S Eu Te Amo, Cecelia Ahern. O livro foi re-lançado no Brasil pela editora Novo Conceito em 2014 com o título do filme “Simplesmente Acontece“. O livro ganhou vários prêmios internacionais e tem uma estrutura muito diferente e divertida, sendo composto por cartas, e-mails e mensagens de texto. Por isso o título em inglês: Love, Rosie.. Que era como Rosie assinava suas correspondências. Que se perdeu um pouco no filme, já que não foi dada tanta ênfase para as correspondências trocada entre Rosie e Alex. O filme também encurtou o tempo de duração da história, de 45 anos para apenas 12, talvez pela aparência dos atores ou para favorecer o roteiro…

O filme em si foi uma grande surpresa. Ele é considerado uma comédia-romântica, porém a comédia é o ponto alto do filme, é o que dá ao filme uma autenticidade, já que a parte romântica da história não chega a cativar. O romance mesmo aparece na reta final do filme, porque durante, a relação entre os dois é tão frustrante que chega a ser engraçado. Muitos pontos positivos vão para a trilha sonora, se atente à ela, essa é a minha dica. Porque o timming é PERFEITO, e chega a fazer chorar de tanto rir. “Push It”, de Salt-N-Pepa e “Fuck You” da Lily Allen foram ótimas adições e com certeza você vai lembrar da cena do filme em que são tocadas, toda vez que escutá-las em outro lugar.

“Love, Rosie” diverte e entretêm sem grandes pretensões. É um filme repleto de “Vergonha Alheia” e “Não Acredito” que até a pessoa que mais odeia comédias-romântica e que será arrastada para o cinema, achará ele agradável e divertido.

Simplesmente Acontece é distribuído pela Imagem Filmes e se encontra disponível na NETFLIX.
Trailer:
(Não recomendo verem o trailer, porque ele é longo e entrega muito da história)